As reuniões plenárias estão previstas para os dia 3, 4 e 5 deste mês, sempre às 14 horas
Estão previstas para 10 a 14 de fevereiro as primeiras sessões ordinárias deste ano, com início marcado para as 14 horas

Notícias

Público - 12 de Fevereiro de 2020 às 08:47 - por: Francisco Público - 12 de Fevereiro de 2020 às 08:46 - por: Francisco Público - 11 de Fevereiro de 2020 às 17:01 - por: Francisco Privado - 11 de Fevereiro de 2020 às 16:58 - por: Francisco Privado - 11 de Fevereiro de 2020 às 16:57 - por: Francisco

Justiça suspende processo contra o vereador Mauro Bento Filho

Desembargador concede liminar ao vereador, processado pelo Conselho de Ética da Câmara WhatsApp
Desembargador concede liminar ao vereador, processado pelo Conselho de Ética da Câmara
Foto: Vânia Santana

Por decisão do desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás Guilherme Gutemberg Isac Pinto, proferida nesta terça-feira, dia 11, foi suspenso o procedimento investigatório disciplinar que o Conselho de Ética da Câmara Municipal de Jataí abriu contra o vereador Mauro Bento Filho. O projeto de resolução que pede a cassação do mandato do parlamentar por quebra do decoro e da ética do legislativo seria votado nesta quarta-feira, dia 12 de fevereiro.

Em seu despacho, ao acatar novamente o pedido de Mauro Filho, o desembargador escreve que o vereador “defende seus argumentos com base em entrevista realizada pelo vereador Thiago Maggioni, relator de seu processo administrativo, em rádio local do município de Jataí-GO, em que teria demonstrado imparcialidade (sic) no julgamento da causa, inclusive, declarando seu voto pela cassação do requerente, de forma antecipada”.

“Ante o exposto, preenchidos os requisitos legais, defiro o pedido de efeito suspensivo à apelação cível interposta no evento 22 do mandado de segurança impetrado pelo requerente e determino que a Câmara Municipal de Jataí cesse o andamento do Procedimento Investigatório Preliminar 001/2019, até o julgamento do recurso retrocitado por este Colegiado, sob pena de responsabilização dos envolvidos por crime de desobediência”, determinou o magistrado, que já havia concedido o mesmo benefício ao parlamentar no ano passado.

Na sessão ordinária desta terça-feira, o vereador Thiago Maggioni renunciou ao cargo de relator do Conselho de Ética da Câmara de Jataí. Um novo relator será nomeado para a vaga.

12 de Fevereiro de 2020 às 08:47 - por: Francisco