As sessões ordinárias da segunda quinzena de março estão marcadas para os dias 19, 20 e 21, às 14 horas, com transmissão ao vivo pela internet
Vereadores, representantes do poder executivo, Crea-GO e construtores debateram alterações no Código de Edificações e na Lei de Uso e Ocupação do Solo
Público - 13/03/2018 - 14:23:55 - por: Francisco Privado - 13/03/2018 - 14:18:52 - por: Francisco Privado - 13/03/2018 - 14:16:20 - por: Francisco
Nova empresa inicia atividades em Jataí Premium Artefatos de Madeira vai abastecer aviários e usinas termelétricas com produtos como maravalha e cavaco
Fotos: Hélio Domingos

Durante reunião realizada na manhã do dia 13 de março de 2018, na sala contígua ao plenário da Câmara Municipal de Jataí, o diretor da Premium Artefatos de Madeira, Bruno Martins Andrade, informou que terá início, no próximo mês, no Distrito Agroindustrial, a construção do barracão da empresa, que atua no ramo de maravalha (material usado na produção de cama de frango) e cavaco (para uso em usinas termelétricas), provenientes de eucaliptos.


Solicitada pelo vereador José Carapô, a reunião contou ainda com a presença dos vereadores Thiago Maggioni e Marcos Antônio, do secretário de Desenvolvimento Econômico, Francis Barros, do ex-diretor do Departamento de Direção de Fiscalização e Relações Comunitárias da Câmara, o empresário Rhony Barbosa Vasconcelos, e de representantes dos vereadores Gildenicio Santos, Kátia Carvalho, Mauro Bento Filho e Carvalhinho.

Continuar Lendo

Segundo Bruno Andrade, a Premium tem a intenção de investir R$ 700 mil até meados deste ano. A primeira etapa da instalação da empresa compreende a construção de um galpão de mil metros quadrados e aluguel de maquinário. A área total do empreendimento é de 12 mil metros quadrados, com previsão de faturamento, no primeiro ano, de R$ 9 milhões a R$ 10 milhões. O investimento total previsto é de R$ 5 milhões, com faturamento esperado de R$ 18 milhões a R$ 20 milhões ao ano.


A produção de maravalha atenderá empresas como a BRF, enquanto o cavaco abastecerá  usinas, como a jataiense Ecodiesel. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Francis Barros, adiantou que outras empresas do ramo energético poderão ingressar no setor termelétrico, aumentando o leque de clientes da Premium.


Andrade informou ainda que, na primeira etapa, serão criados de 15 a 20 empregos diretos e, ao final do processo de instalação, até 50 empregos diretos poderão ser gerados, enquanto são esperados até 150 empregos indiretos. No dia 21 de março o protocolo de intenções será assinado no Centro Administrativo Pedro Ludovico Teixeira, sede do governo estadual, em Goiânia. A partir de agosto, o mesmo grupo pretende começar a operar em Jataí uma transportadora, que deverá gerar 10 empregos diretos e 30 indiretos.