Reuniões plenárias estão previstas para os dias 14 e 15 deste mês, a partir das 14 horas
Governo federal determinou transferência do órgão para Rio Verde

Notícias

Público - 06/05/2019 - 16:33:43 - por: Francisco Privado - 06/05/2019 - 16:33:34 - por: Francisco Privado - 06/05/2019 - 16:33:11 - por: Francisco Privado - 06/05/2019 - 16:29:59 - por: Francisco

Justiça afasta Gildenicio e Marcos Antônio por 180 dias

Durante o período ambos serão investigados em ação civil pública de improbidade administrativa WhatsApp
Gildenicio Santos (E) e Marcos Antônio
Foto: Vânia Santana
Gildenicio Santos (E) e Marcos Antônio

A Câmara Municipal de Jataí foi notificada pelo juiz Thiago Soares Castelliano Lucena de Castro, da 2ª Vara Cível, Fazendas Públicas, Meio Ambiente e Registros Públicos de Jataí, na tarde do dia 6 de maio de 2019, do afastamento cautelar, por 180 dias, dos vereadores Gildenicio Santos (MDB) e Marcos Antônio (PDT). O juiz atendeu ação cautelar antecedente de ação civil pública de improbidade administrativa, proposta pelo Ministério Público do Estado de Goiás.

Durante o período de afastamento, os dois parlamentares não poderão frequentar as dependências da Câmara Municipal, ficarão proibidos de contatar seus servidores ou ex-servidores e não poderão retirar nenhum pertence de seus gabinetes, que foram lacrados por uma oficial de justiça. Também foi decretada a indisponibilidade de bens no valor de R$ 402.600,00, no caso de Gildenicio Santos, e de R$ 300.963,06, quanto a Marcos Antônio.

Nenhum suplente será convocado para o lugar dos parlamentares afastados, pois não houve perda de mandato, já que o período de até 180 dias será utilizado pela justiça para investigar e tomar depoimentos a respeito das duas ações.