Município agora está autorizado a parcelar e reparcelar sua dívida em até 200 prestações mensais. A soma de todas as parcelas vinha sendo de R$ 243 mil. Com a aprovação do projeto de lei, o total mensal a ser pago pela prefeitura cairá para menos de R$ 67 mil
Atividades parlamentares ficam suspensas durante todo o mês de julho de 2017. As próximas sessões ordinárias do poder legislativo jataiense estão previstas para os dias 8, 9 e 10 de agosto, com início marcado para as 14 horas

Notícias
Público - Set. 19, 2017, 11:18 a.m. - por: admin@camarajatai.go.gov.br
Câmara realiza sessão extraordinária Vereadores foram convocados para discutir e votar, no dia 26 de julho de 2017, projeto de lei enviado pelo poder executivo que autoriza o município a realizar novo parcelamento de sua dívida junto ao JataíPrevi. O débito total está em torno de R$ 14 milhões
Hélio Domingos

Será realizada nesta quarta-feira, dia 26 de julho, a partir das 14 horas, no plenário João Justino de Oliveira, uma sessão extraordinária para discussão e votação do projeto de lei nº 063, de autoria do poder executivo. Se a matéria for aprovada, a prefeitura ficará autorizada a parcelar e reparcelar os débitos do município junto ao Fundo de Previdência Social dos Servidores de Jataí (JataíPrevi), em até 200 prestações mensais.

De acordo com o prefeito Vinícius Luz, somente com esta medida o município terá condições de equacionar seus compromissos previdenciários junto ao JataíPrevi. Segundo planilha anexada ao projeto, o débito da prefeitura, oriundo de não pagamentos de exercícios anteriores é de aproximadamente R$ 14 milhões, sendo que tal dívida fora objeto de quatro parcelamentos cuja totalidade das parcelas mensais é de R$ 243.028,28. Caso o projeto seja aprovado, a soma das parcelas cairá para R$ 66.802,61.